A FARSA DA VIDA

"FARSA, A VIDA É UMA GRANDE FARSA, MAS QUEM DISSE QUE NÃO É, COMO NEGAR!, SIMPLES SENDO MAIS UM FARSANTE."

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

OS ESTADOS FASCISTAS, TEM O PODER DE CRIAR FALSOS CONCEITOS E, IDEALIZAR, ESTEREOTIPAR OU "FABRICAR" CONTEXTOS, PARA INSERIR SEUS CONCEITOS.

O TRABALHO NÃO, MAS O EMPREGO AINDA MAIS O FORMAL TEM UM LADO EXTREMAMENTE DANOSO AO SENSO DE LIBERDADE E DE INDEPENDÊNCIA PSICO-IDEOLÓGICO DOS INDIVÍDUOS EMPREGADOS, POR BITOLAR, ENQUADRAR E LIMITAR NÃO SÓ O TEMPO MAS O CONCEITO DO QUE É, E O QUE REPRESENTA A VERDADEIRA LIBERDADE IDEOLÓGICA PARA OS INDIVÍDUOS, SEM AS AMARRAS DOS FALSOS CONCEITOS QUE NORTEIA OS INTERESSES DO SISTEMA DOMINANTE, DO ESTADO OFICIAL, SEU INSTRUMENTO DE DOMINAÇÃO, E DOS EMPREGADORES QUE EMPREGA AS MASSAS DE TRABALHADORES QUE DEPENDEM DO TRABALHO, E VIVEM PARA O TRABALHO, PASSANDO GRANDE PARTE DE SUAS VIDAS DEDICADAS EXCLUSIVAMENTE AO EMPREGO, SEM SE QUESTIONAR SE TEM MESMO QUE SER TÃO SUBMISSO E SUBSERVIENTE AO EMPREGO SÓ PORQUE PRECISA SE SUSTENTAR, COMO INVARIAVELMENTE PENSAM TODOS OU PELO MENOS A MAIORIA. É PORQUE SEMPRE LHES ENSINARAM E FIZERAM QUESTÃO QUE TODOS ENTENDESSE DESTA MANEIRA, COMO SE FOSSE UMA MANADA DE GADO. E NADA DISSO ACONTECE DE GRAÇA, POR TRÁS DESSE CONCEITO DE QUE O EMPREGO O EMPREGADOR E O EMPREGADO SÃO IMPORTANTES PARA A SOCIEDADE, PARA A NAÇÃO ENFIM PARA O PAÍS, TEM UM CUNHO OU OBJETIVO TÃO ECONÔMICO-FINANCEIRO QUANTO IDEOLÓGICO, O DE DOMINAÇÃO ATRAVÉS DO PODER DE POUCOS SOBRE MUITOS E NÃO O CONTRÁRIO COMO PELO MENOS TEORICAMENTE DEVERIA SER, E QUEM MAIS TEM INTERESSE NESSE CONCEITO É O SETOR CORPORATIVO ESPECIALMENTE O DOS GRANDES CONGLOMERADOS QUE EMPREGA MILHÕES DE TRABALHADORES E PORTANTO DEPENDEM DESTA MÃO DE OBRA FARTA, BARATA E SEM DIREITO MUITO MENOS TEMPO PARA PENSAR, E TUDO ISSO PARA OBTER E MANTER SEU PODER ECONÔMICO E OBVIAMENTE O POLÍTICO-IDEOLÓGICO SOBRE AS MASSAS, EM ESPECIAL AS MASSAS DE EMPREGADOS, ALEM É CLARO DO INTERESSE DOS POLÍTICOS, QUE INVARIAVELMENTE SE JULGAM "DONOS" DA SOCIEDADE, DA NAÇÃO E DO PAÍS, MESMO QUE NO FUNDO SAIBAM QUE NADA MAIS SÃO SE NÃO MARIONETES E FANTOCHES OU INSTRUMENTO DE DOMINAÇÃO DO PODER DE FATO O PODER ECONÔMICO-FINANCEIRO. NAS NAÇÕES REALMENTE CIVILIZADAS ONDE A CONSCIÊNCIA DOS INDIVÍDUOS EVOLUÍRAM MUITO MAIS, AS CONQUISTAS DESTES INDIVÍDUOS INCLUÍRAM TAMBÉM O SENSO DE LIBERDADE E INDEPENDÊNCIA PSICO-IDEOLÓGICA, ALIADO AO CONCEITO DE QUE, JUSTO OU JUSTIÇA NUMA SOCIEDADE, TEM QUE INCLUIR O MAXIMO POSSÍVEL DE LIBERDADE E INDEPENDÊNCIA NÃO SÓ ECONÔMICA-FINANCEIRA MAS TAMBÉM PSICO-IDEOLÓGICA SEM AS RETÓRICAS VAZIAS ALIENANTES, COMO PATRIOTISMO E NACIONALISMO, CONCEITOS TÃO RETRÓGRADOS E REACIONÁRIOS QUANTO FASCISTA, E COM ISSO OS INDIVÍDUOS NÃO DESENVOLVA A TIPICA SUBMISSÃO E SUBSERVIÊNCIA A CONCEITOS FALSOS DE VALORES QUE O BITOLE, ENQUADRE E LIMITE SEU SER ENQUANTO INDIVÍDUO E NÃO COMO UMA PEÇA DE REPOSIÇÃO A SERVIÇO DO SISTEMA DOMINANTE QUE CONTROLA A SOCIEDADE, A NAÇÃO E O PAÍS. NÃO É POR ACASO QUE A MAIORIA ESMAGADORA DOS MAIORES PENSADORES E FILÓSOFOS, QUE MUDARAM OS CONCEITOS DE LIBERDADE INDEPENDÊNCIA E JUSTIÇA DA HUMANIDADE, NÃO TINHA QUE TRABALHAR MUITO MENOS COMO EMPREGADO, INVARIAVELMENTE, POR MAIS PARADOXAL QUE SEJA, ESTES GRANDES PENSADORES E FILÓSOFOS REVOLUCIONÁRIOS DO PENSAMENTO LIBERTÁRIO, PERTENCIAM A CLASSE MÉDIA, A BURGUESIA E ATÉ EM ALGUNS CASOS A NOBREZA, O QUE LHES PERMITIA VIVER SÓ PARA PENSAR, QUESTIONAR E CONTESTAR, DO GRANDE FILÓSOFO GREGO SÓCRATES E SEU DISCÍPULO PLATÃO A HENRY DAVID THOREAU, JOSÉ ORTEGA Y GASSET, A.SHOPENHAUER, F.NIETZSCHE E OUTROS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário