A FARSA DA VIDA

"FARSA, A VIDA É UMA GRANDE FARSA, MAS QUEM DISSE QUE NÃO É, COMO NEGAR!, SIMPLES SENDO MAIS UM FARSANTE."

domingo, 4 de setembro de 2016

SER, UM, EX-ATEU DE VERDADE, É TÃO IMPROVÁVEL QUANTO A EXISTÊNCIA DE DEUS

 - CONCLUIR E TER CONFICÇÃO SOBRE ALGO, NÃO É COMO OPTAR POR ALGO, É UM CONCEITO MUITO MAIS PROFUNDO, FUNDAMENTADO E EMBASADO EM FATOS QUE LEVA O INDIVÍDUO OU UMA PESSOA A NÃO TER DÚVIDAS DO QUE ACHA, PORQUE PARA ESTES NÃO HÁ DÚVIDAS OU NÃO TEM COMO DÚVIDAR DE ALGO TÃO INDUBITÁVEL E INQUESTIONÁVEL, AINDA MAIS PARA ACREDITAR EM ALGO TÃO SUBJETIVO E IMPROVÁVEL, COMO É O CASO DA EXISTÊNCIA DE UM DEUS, UM SER CRIADOR, DONO E IMPOSITOR DE TUDO, COM QUALIDADES E VIRTUDES TÃO CONTRADITÓRAS QUANTO IMPROVÁVEIS, COMO POR EXEMPLO, ONICIÊNCIA, ONIPRESENÇA E ONIPOTÊNCIA, JUSTO E MISÉRICORDIOSO, AO MESMO TEMPO INTOLERANTE, AUTORITÁRIO, EGOÍSTA E IMPIEDOSO. POR ISSO MESMO MAIS DO QUE NÃO TER DÚVIDAS É TER CONFICÇÃO, POR TER CONCLUÍDO ATRAVEZ DE FATOS OU PROVAS INQUESTIONÁVEIS SOBRE ALGO. DIANTE DE TUDO ISSO O INDIVÍDUO SE CONVENCE DE QUE NÃO TEM COMO NÃO SER ASSIM. COMO O FATO DE QUE DEUS, NÃO PASSA NEM NUNCA PASSOU DE UMA ILUSÃO, COMO BEM DEFINIU O FILÓSOFO FRANCÊS, MICHEL ONFRAY. ‘AS RELIGIÕES DE FÉ, NÃO PASSAM DE UMA ESQUIZOFRENIA NEURASTENICA’, POR ‘VENDER’ O TÃO ILUSÓRIO QUANTO IMPROVÁVEL, QUE É O CONCEITO DE UM SER CRIADOR E DONO DE TUDO, COM ONICIÊNCIA, ONIPOTÊNCIA E ONIPRESENÇA EM TODOS OS LUGARES E MOMENTOS, E QUE PARA ACREDITAR NESSE IMPOSSÍVEL, OU SEJA, NA SUA EXISTÊNCIA, BASTARÁ TER UMA FÉ INCONDICIONAL, ACEITANDO ESSA ILUSÃO, ESSE CONCEITO SEM O MENOR FUNDAMENTO ENFIM, ESSE DELÍRIO, E PARA ISSO TUDO BASTA COMEÇAR ACEITANDO OU OPTANDO POR ESSA IMPROBABILIDADE, MESMO QUE ‘DA NOITE PARA O DIA.’ AO CONTRÁRIO DE TUDO ISSO SER ATEU É ANTES DE TUDO SER RACIONAL, CONSCIENTE ENFIM, É TER A RAZÃO E NÃO A ILUSÃO COMO PARAMETRO PARA PENSAR E RACIOCINAR, SER ATEU É PRINCIPALMENTE FAZER JÚS AO CONCEITO DE QUE, O SER HUMANO É UM SER RACIONAL PENSANTE E NÃO IRRACIONAL.

Nenhum comentário:

Postar um comentário