A FARSA DA VIDA

"FARSA, A VIDA É UMA GRANDE FARSA, MAS QUEM DISSE QUE NÃO É, COMO NEGAR!, SIMPLES SENDO MAIS UM FARSANTE."

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

BRASILEIRO:UM POVO COM “PEDIGREE” DE VIRA-LATAS, QUE SOFRE DO COMPLEXO DE UMA REALEZA E NOBREZA FRUSTRADA

 A MÍDIA E A IMPRENSA CHAPA-BRANCA, MARROM E FASCISTA, TUPINIQUIM, “FÁBRICA” E “VENDE” COMPULSIVAMENTE, FALSOS ÍDOLOS, HERÓIS E SALVADORES DE “BARRO”, DOS ESPORTES A MÚSICA TUPINIQUIM, PASSANDO PELA TELEVISÃO E CHEGANDO ATÉ MESMO AO CARNAVAL A POLÍTICA ETC, É UM TAL DE “REIS”, “RAINHAS”, “PRÍNCIPES”, “PRINCESAS”, “IMPERADOR”, “MUSAS” ETC, DISSO, DAQUILO OU DAQUILO OUTRO, E AS MASSAS BURRAS E DE MANOBRAS, “COMPRAM” OU ENTRONIZAM ESTAS FARSAS, PRIMEIRO POR SER UM POVO IMBECIL E ALIENADO, COM “QI” DE UMA “AMEBA-RETARDADA,” SEGUNDO POR ESTAS FARSAS INFLAR OS EGOS LIMITADO E MEDÍOCRES DESSE “POVINHO” INFERIOR. A MÍDIA FASCISTA E “PAPAGAIO DE PIRATA”, “GRILO-FALANTE” OU VENTRÍLOQUE DESSE SISTEMA DOMINANTE FASCISTA, AINDA DISSEMINA ESTES TÃO MOFADOS QUANTO PATÉTICOS CLICHÊS, DE QUE O BRASIL E OS BRASILEIROS, SÃO SEMPRE OS “MAIORES, “MELHORES” E OS “ÚNICOS”, EM TUDO NO MUNDO, CERTAMENTE EM ALGUNS CASOS SIM SÃO MESMO SEM DUVIDA NENHUMA, MAS SÓ NO ITENS DE INFERIORIDADES E DESGRAÇAS, MORAL, ÉTICA, CULTURAL, SOCIAL, INTELECTUAL, RACIONAL E ÉTNICA-GENÉTICA, NISSO SIM O BRASIL E OS BRASILEIROS SÃO E SERÃO SEMPRE OS MAIORES. O FATO É QUE NO MEIO DESSA GRANDE PATÉTICA E TENEBROSA FARSA QUE É O BRASIL, DA REALEZA E DA CORTE, O ÚNICO RESQUÍCIO QUE O BRASILEIRO HERDOU FOI DE “O BOBO DA CORTE” QUE SÃO OS BRASILEIROS CONVICTOS, OU SEJA, UM PALHAÇO SEM GRAÇA QUE DE TÃO IMBECIL VIVE PARA AGRADAR UM “REI BUFÃO” CORRUPTO, LADRÃO, PATÉTICO, CAFAJESTE E  ETC.                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                  

Nenhum comentário:

Postar um comentário