A FARSA DA VIDA

"FARSA, A VIDA É UMA GRANDE FARSA, MAS QUEM DISSE QUE NÃO É, COMO NEGAR!, SIMPLES SENDO MAIS UM FARSANTE."

quarta-feira, 22 de julho de 2015

NÃO ME SENSIBILIZO NEM ME COMOVO, COM O SOFRIMENTO DAQUELES QUE NÃO CONHEÇO A SUA RELAÇÃO COM OS ANIMAIS DE MANEIRA GERAL

FOI VENDO OS COVARDES E BESTIAIS MAUS-TRATOS QUE A MAIORIA DOS HUMANOS IMPÕE AOS ANIMAIS E INVARIAVELMENTE SEM SENTIR NENHUM REMORSO PELO QUE FAZEM, É QUE FOI SE DESENVOLVENDO EM MIM UM INEGÁVEL DESPREZO PELO SER HUMANO(CALMA, AINDA NÃO É UMA PSICOPATIA, É INDIGNAÇÃO MESMO!), E COM ISSO UMA FRIEZA CAPAZ DE NUNCA ME SENSIBILIZAR OU COMOVER-ME COM O SOFRIMENTO DE PESSOAS QUE EU NÃO OS CONHEÇO SUFICIENTEMENTE PARA SABER COMO É A SUA RELAÇÃO NO DIA A DIA COM OS ANIMAIS DE UMA MANEIRA GERAL, SE ESTAS COMETEM, OU SE SÃO OU NÃO CAPAZES DE COMETER QUALQUER TIPO DE CRUELDADE CONTRA ANIMAIS. COM BASE NESSE CRITÉRIO É QUE AS JULGO SE ESTAS SÃO OU NÃO MERECEDORAS DO SOFRIMENTO A QUE ESTÃO PASSANDO, INFELIZMENTE OU FELIZMENTE, ESSE É O CRITÉRIO QUE PASSEI A UTILIZAR PARA AVALIAR E JULGAR, SE ESTOU CERTO OU NÃO, DO PONTO DE VISTA DE QUEM QUER QUE SEJA, POUCO ME IMPORTA, O QUE IMPORTA PARA MIM É QUE ESSA FOI A MANEIRA MAIS RACIONAL E JUSTA QUE EU PODERIA USAR PARA FAZER UM JULGAMENTO JUSTO DESTAS PESSOAS, APESAR DE NEM TODOS TEREM NENHUM TIPO DE CRITÉRIO PARA AVALIAR E JULGAR OS OUTROS MUITO MENOS ADMITIREM PUBLICAMENTE QUE ESTÃO SEMPRE JULGANDO AS ATITUDES E COMPORTAMENTOS ALHEIOS, ELAS SÓ JULGA E PRONTO, MESMO QUE ESSE ATO DE ESTARMOS SEMPRE AVALIANDO E JULGANDO O OUTRO, E O MESMO SENDO AVALIADO E JULGADO PELOS OUTROS, SER ESSE UM COMPORTAMENTO INERENTE A NATUREZA HUMANA, INDEPENDENTE DA HIPOCRISIA DE MUITOS EM NEGAR OU FINGIR QUE NÃO O AGEM ASSIM, ENTENDO QUE É TÃO INJUSTO QUANTO IRRACIONAL QUE PESSOAS CAPAZ DE ATITUDES TÃO CRUÉIS, COVARDES E BESTIAIS, CONTRA SERES CAPAZ DE SOFRER E SENTIR DOR TANTO QUANTO QUALQUER SER HUMANO, ALEM DE AINDA SER CAPAZ DE GOSTAR DOS HUMANOS, SENDO FIEL E VERDADEIROS COM ESTES, MUITO MAIS ATÉ DO QUE O PRÓPRIO SER HUMANO COM OUTRO, E DE SER TÃO INDEFESO A PONTO DE POUCO OU NADA PODER FAZER PARA SE PROTEGER DAS AGRESSÕES E COVARDIA HUMANA, E DO PODERIO DESTES CONTRA ELES OS ANIMAIS. NEGLIGENCIAR, IGNORAR, IRRELEVAR, FAZER POUCO CASO, OU SEJA, SER CÚMPLICE OU COMPLACENTE COM PESSOAS CAPAZ DE CONSCIENTES AGIR ASSIM CONTRA OS ANIMAIS, OU MESMO SE OMITIR DIANTE DE ATITUDES DE CRUELDADES E COVARDIA CONTRA ESTES SERES INDEFESOS, SÓ PORQUE SUA ATITUDE DE MALTRATAR SÃO OU FORAM CONTRA ANIMAIS E NÃO CONTRA HUMANOS, ENFIM, POR TUDO ISSO, SENSIBILIZAR-SE E COMOVER-SE COM O SOFRIMENTO DE QUEM NÃO É CAPAZ DE SE SENSIBILIZAR, COMOVER-SE OU SEQUER INDIGNAR-SE, MUITO MENOS REVOLTAR-SE, DIANTE DO SOFRIMENTO DE UM ANIMAL, SÓ POR ESTE NÃO SER UM HUMANO, E PIOR, AINDA COMO MUITOS FAZEM, SER CAPAZ DE IMPOR A ESTES SERES INDEFESOS, COMO SÃO OS ANIMAIS, IMPOR A ESTES SOFRIMENTOS TOTALMENTE DESNECESSÁRIOS E COVARDE, MAIS DO QUE SADISMO DA PARTE DE QUEM NÃO CONSIDERA RELEVANTE MUITO MENOS IMPORTANTE O SOFRIMENTO ANIMAL, É TAMBÉM DAR UMA DEMOSTRAÇÃO DE IDENTIFICAÇÃO COM ESSE TIPO DE PESSOA PRIMITIVA, COVARDE, INSANA, DOENTIA E BESTIAL, JÁ DIZIA SIGMUND FREUD, SOBRE ESSE COMPORTAMENTO, ESSA PASSIVIDADE HUMANA, DIANTE DE ALGO QUE CABERIA NO MINIMO INDIGNAÇÃO E REVOLTA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário